Tendências do marketing digital

11 tendências do marketing digital

O marketing digital é igual um ser vivo: evolui e muda dia a dia. Acompanhar as tendências é uma obrigação e, prever as mesmas pode ser a diferença entre ser um líder ou apenas um seguidor.

 

1. Google

Google: todos sabemos que o Google chegou há 10 anos para ficar, porém o mercado não quer apenas depender de uma única alternativa. Assim como em qualquer mercado, os consumidores querem opções. Ter um SEO é importante, porém seu cliente tem outros meios de encontrar o que procura, fora do Google. Tente interagir de outras formas com o seu público!

2. Mobile

Mobile, mobile: a importância da busca, otimização, conversão e ubiquidade móvel não pode ser ignorada. Os dispositivos móveis são o vício do homem moderno e devem ser prioridade no seu planejamento de marketing.

3. Redes Sociais

Redes Sociais: segundo dados de 2014, em apenas um minuto de internet, o Facebook recebe 600 mil logins, no Twitter são 433 mil Tweets, no Youtube são carregados mais de 300 horas de vídeo, no Google são realizadas 4,2 milhões de buscas. Sites de e-commerce e de geração de demanda devem apostar nas redes sociais para alavancar as vendas e obter novos canais de conversão.

4. Publicidade paga

Publicidade paga sempre existiu e vai continuar existindo: segundo o Olhar Digital, a publicidade online no Brasil deverá crescer 4,5% esse ano, movimentando em torno de R$6,8 bilhões. Especialistas afirmam que o PPC está morrendo e já existem novas formas de pagar pela publicidade. Um exemplo, é o Webspectator, que não cobra por impressão, mas pela visualização real do anuncio, e cuja metodologia foi confirmada pela MRC (Minimum Standards for Media Rating Research). Os anúncios pagos no Facebook estão ficando mais importantes que ter meras curtidas na sua página. Como um trilhão de pageviews por mês o comprovam.

5. Automação em marketing

Automação em marketing é uma obrigação: alguns anos atrás, o marketing tinha um objetivo, digamos, aparentemente mais criativo. Isto mudou com o tempo. Hoje existem muitos canais digitais, várias redes sociais, diferentes mídias. Como lidar com esta complexidade? A solução é simples: tecnologia. Sem importar em que tipo de negócio você está, empresas de todos os tamanhos precisam de plataformas tecnológicas que as ajudem a gerenciar o marketing moderno.

6. Conteúdo

Conteúdo, e seus criadores são mais necessários do que nunca: o conteúdo não é apenas uma tendência, pois sempre foi e continuará sendo importante. Na chamada Web 2.0 sempre haverá espaço para escritores, desenvolvedores, produtores de vídeo e palestrantes.

7. Otimização da conversão

Otimização da conversão gera um retorno muito alto: se a Taxa de Otimização da Conversão não está no seu orçamento, é hora de introduzi-la. Esta taxa nada mais é do que o processo de maximizar o número de visitantes que converta ou faça uma compra. Entender os seus usuários e fazer testes A/B e multivariados no seu site pode ajuda-lo determinar que tipo de página gera mais conversão para cada tipo de usuário. É um investimento que se paga rapidamente.

8. Big Data

Big Data para personalizar os dados, pode ser sua arma secreta. Conhecer melhor os seus clientes do que eles mesmos se conhecem, pode trazer muito poder ao seu negócio. Plataformas como o Segments da Webtrends permitem que se analise um numero ilimitado de variáveis dos seus clientes para que eles recebam o conteúdo necessário, no momento certo. Lembre-se: o importante não são os dados, mas o que você faz com eles.

9. Algoritmos

Algoritmos mudarão e continuarão mudando: os algoritmos de busca vão passar a motivar, confundir, encantar e desapontar. E depois mudarão de novo. E você não terá apenas que se preocupar com o algoritmo do Google, mas também com o algoritmo do Facebook, do Bing, do LinkedIn, do Youtube, do Twitter, etc.

10. Gráficos

Gráficos: imagens, fotos e vídeos estão mudando o cenário de engajamento atual. Isto devido ao crescimento acelerado dos dispositivos móveis com câmera. Testes A/B demonstraram que o engajamento cresce quando se têm imagens. Use-as!

11. Hacking

Hacking: é um negócio, de centenas de milhões de dólares, uma realidade e as empresas devem se proteger. O que um assunto de Segurança da Informação está fazendo aqui, no Marketing Digital? Sem segurança, os dados de seus clientes poderão vazar para a internet e afetarão grandemente a imagem da empresa e não vai ter campanha de marketing que segure essa perda de imagem.

Por Margarita Barrero e Eduardo Sato.

Fontes: FORBES, JEFFBULLAS.

Margarita Barrero é especialista em Marketing, tendo atuado na Mobilemen, CLM e atualmente é Diretora Executiva da Interaction.

Eduardo Sato é especialista em WebAnalytics e é o CTO da Interaction.

 

Deixe um Comentário

2 × 2 =